Quatro motivos para não perder o Fáscia Experience 2019

Por Johannes Freiberg

Entramos em contagem regressiva para o nosso evento anual, o Fáscia Experience 2019. O Fascia Experience é o primeiro grande evento sobre movimento que reúne a prática – mais de 70% das aulas foram feitas para colocar a mão na massa – aos estudos da fáscia de modo direto com quem produz informação segura. Estamos fazendo isto porque entendemos que há uma necessidade por conhecimento mais claro sobre a temática da “importância do tecido conjuntivo nas práticas de movimento do nosso cotidiano”.

Estamos muito felizes e ansiosos para compartilhar o conhecimento gerado por renomados especialistas internacionais e também por nossos grupos de estudo, que vêm se reunindo há aproximadamente quatro anos em torno do tema Fáscia. Eles estão se dedicando de forma intensa na preparação do evento.

Listei neste post quatro bons motivos pelos quais você não pode perder as discussões do Fáscia Experience. Será que depois de tantos argumentos você ainda vai ficar de fora?

1 – Conheça de perto o trabalho de cientistas internacionais

Nosso evento terá a participação de importantes cientistas e professores que dedicam seu tempo para compreender a fáscia e seu funcionamento. Entre eles, estão os PhDs Robert Schleip, Antonio Stecco, Jan Wilke e Sérgio Fonseca, que vão abrir o assunto de modo claro e direto sobre biomecânica e geração de informação para toda a comunidade fitness.

2 – Encontre especialistas que já praticam seus conhecimentos

Somos 25 professores e profissionais que investigam o movimento. São 20 brasileiros e cinco convidados internacionais, que têm a intenção de mostrar seus projetos. Entre eles, teremos especialistas que abordarão cadeirantes, envelhecimento, mundo emocional, treinamento funcional, esporte de rendimento, Yoga, Pilates, Rolfing, Osteopatia, Integração Estrutural, Dança, Girokinesis, Garuda, etc.

3 – Entenda como as últimas descobertas devem ser aplicadas

Ao definir como seria nosso evento, uma das premissas era de que nós mostraríamos como as últimas descobertas devem ser aplicadas nos tratamentos já realizados. No caso da Anna Vitali, por exemplo, ela agrega trabalho de movimentos usando mapas descritos pelos Steccos e como o movimento fascial pode gerar uma organização funcional no controle motor. A experiência dela agrega aos traçados miofasciais uma linha que permite ao tecido organizar e liberar pontos dolorosos. Simplesmente imperdível!

4 – Troca de experiências

Esta é uma das principais fontes de inspiração e obtenção de conhecimento. A troca de experiências possibilita o enriquecimento profissional, acadêmico e move projetos. O Fascia Experience será um terreno fértil para que profissionais de diferentes atuações se encontrem e se completem.

Convenci você?

O Fascia Experience ocorrerá entre os dias 13 e 15 de setembro, na Universidade São Judas Tadeu. Faça sua inscrição, clique aqui!

Assista o vídeo turtorial de como realizar a sua inscrição!

3 comentários em “Quatro motivos para não perder o Fáscia Experience 2019”

Deixe um comentário